6 de Agosto de 2014

   “Acorda para a vida, Rita! Tens andado a dormir ultimamente”. É-me agora possível compreender a impotência que sinto em tudo o que tento fazer. Eu não sou vida… eu estou dormente. Encontro-me num estado de constante ausência que faz com que aquele riso genuíno fique aprisionado nos meus pulmões e com que não viva na vertente mais humana da palavra, existo.
    Há dias em que gosto da minha liberdade. Gosto dela sem me aperceber que, como qualquer outra, é fabricada e falsa, porque ninguém é inteiramente livre nem sabe o que ser livre significa. No entanto, todos nos julgamos livres. Isto funciona como um quarto de espelhos, parece um local infinito e somos uma multidão para nós próprios num espaço com escassos metros quadrados.
    Talvez isto não passe tudo disso, talvez esta tempestade seja só um truque barato de ilusionismo ou talvez caminhe mesmo com mais peso no pé esquerdo, porque segundo Mia Couto, é sinal de desgosto, porque é o lado do coração.

   Serão então os esquerdinos os que escrevem inteiramente com o coração? Serão deles as mais bonitas cartas de amor ou rascunhos de madrugada? Será por isso que esquerda é sinonimo de sinistra , embora esta ultima tenha uma conotação inteiramente sombria? Será que o Homem, ou a sociedade em si, receiam assim tanto o coração e o que o torna humano?
   Talvez seja por isso que se ensinam as crianças a escrever com a mão direita, querem adultos racionais e imparciais, abandonados do que eventualmente nutre o que em nós há de mais profundo. Talvez se ache que essa ilusão é benéfica.
    Quem ama é sinistro, segundo as línguas latinas. Talvez porque quem ama se dá, se expõe com todos as falhas e fragilidades e se perde nas falhas e fragilidades de alguém ou de algo. Esse desamparo, esse desnorte são de uma beleza incomparável.

    Os que optam pela esquerda são quem vive, os que tentam caminhar por lá, também.

    Com Amor,

        -Rita

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s